The immaterial labor in Jum Nakao’s work

Main Article Content

Larissa P. Giuriatti
https://orcid.org/0000-0003-0259-2137
Olympio José Pinheiro

Abstract

The article brings the question of the value of the immaterial labor of fashion design through the performance The Sewing of the Invisible, by Jum Nakao (2004). In a relationship between the production of fashion (immaterial) a symbolic, intangible product that meets a desire and the production of clothing (material) a concrete and tangible product is configured the product of fashion design. However, what would be the value of intellectual, immaterial production in such an ephemeral system? Would this value be associated only with the sales figures of the concrete product? Through a descriptive and qualitative research about the immaterial labor present in Nakao's work, we sought to solve these questions and other reflections.

Downloads

Download data is not yet available.

Article Details

How to Cite
Giuriatti, L. P., & Pinheiro, O. J. . (2023). The immaterial labor in Jum Nakao’s work. Convergences - Journal of Research and Arts Education, 16(31), 97–104. https://doi.org/10.53681/c1514225187514391s.31.169
Section
Review Papers
Author Biographies

Larissa P. Giuriatti, Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação, Campus Bauru. Av Eng Luiz Edmundo Carrijo Coube, nº 14-01 - Vargem Limpa - Bauru/SP, CEP 17033- 360, Brazil

Graduação em Design de Moda pela UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná) e Especialização Lato Sensu em Estética e Gestão de Moda pela ECA - USP (Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo). Mestranda no PPG Design - FAAC - UNESP (Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação, Universidade Estadual Paulista).

Olympio José Pinheiro, Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação, Campus Bauru. Av Eng Luiz Edmundo Carrijo Coube, nº 14-01 - Vargem Limpa - Bauru/SP, CEP 17033- 360, Brazil

Graduação em Artes Plásticas na ECA - USP (Escola de Comunicações e Artes - Universidade de São Paulo). Doutorado em Sociologia da Arte na  FFLCH - USP (Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - Universidade de São Paulo).  Pós-doutorado em CEHTA - EHESS - Centre d’ Histoire et Théorie des  Arts – École des Hautes Études en Sciences Sociales, Paris. Professor no PPG Design - FAAC - UNESP.

References

Keller, P. (2007, julho-dezembro). O Trabalho Imaterial do Estilista. Teoria & Sociedade, n°15, pp. 08-29. ResearchGate. https://www.researchgate.net/publication/260404005_O_TRABALHO_IMATERIAL_DO_ESTILISTA

Nakao, J. (s.d.). Biografia. Jum Nakao. https://www.jumnakao.com.br/bio/

Nakao, J. (2005). A costura do invisível. Editora Senac Nacional.

Lipovetsky, G. (2009). O império do efêmero: A moda e seu destino nas sociedades modernas. Companhia das Letras.

Santaella, L. (1995). A teoria geral dos signos: Semiose e autogeração. Ática.

Godart, F. (2010). Sociologia da moda. Senac São Paulo.

Greffe, X. (2015). A economia artisticamente criativa. Iluminuras.

Contino, J. (2022, julho-dezembro). Crítica à ênfase da “imaterialidade” no campo do Design: uma perspectiva marxista. Estudos em Design, v. 30, n°02. Estudos em Design: Design Articles. https://estudosemdesign.emnuvens.com.br/design/article/view/1453

Löbach, B. (2001). Design industrial: Bases para a configuração dos produtos industriais. Blucher.

Cietta, E. (2012). A revolução do fast-fashion: Estratégias e modelos organizativos para competir nas indústrias híbridas. Estação das Letras e Cores.

Juvin, H., & Lipovetsky, G. (2012). A globalização ocidental: Controvérsia sobre a cultura planetária. Manole.

Svendsen, L. (2010). Moda: uma filosofia. Zahar.

Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção. (2022). Quem Somos. ABIT, Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção. https://www.abit.org.br/cont/quemsomos

Ibahia. (2011, Janeiro 18). JumNakao conta porque fez o histórico desfile das roupas de papel. Ibahia. https://www.ibahia.com/entretenimento/jum-nakao-conta-porque-fez-o-historico-desfile-das-roupas-de-papel

Oyama, M. (2007, novembro 27). A costura do invisível: O desfile de papel. Japão100, Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil: http://www.japao100.com.br/perfil/135/historia/210/

Lourenço, J. (2019, julho 02). A costura do invisível. Jornal O Povo. https://mais.opovo.com.br/jornal/vidaearte/2019/06/18/a-costura-do-invisivel.html